sábado, 17 de maio de 2008

12 anos e safada

O que vou contar aconteceu comigo quando tinha 18 anos.

Minha mãe mudou-se para uma cidade perto de BH para uma casa muito grande de dois andares, ela ficou morando no térreo e alugou o andar de cima para uma família que tinha

uma filha de 12 anos e um menino de 08, Bianca e Paulo, Bianca adorava ficar na casa de minha mãe passava o dia todo lá. Apesar da idade tinha um corpo muito bonitinho com os peitinhos começando a crescer. Nos finais de semana eu ia pra casa da minha mãe na época eu tinha um gol de duas portas, eu ainda não conhecia muito bem aquela família muito menos aquela garotinha que era muito desinibida e conversadeira e logo fizemos amizade.

Às vezes eu ia pro fundo do quintal ela ia atrás, eu me sentava embaixo de uma arvore e ela ficava lá, subindo nas arvores tudo que via perguntava, e nos fomos ficando cada vez mais íntimos a ponto de quando eu ia sair de carro ela pedia pra ir junto ela ficava muito alegre quando eu dizia que poderia ir, ela corria passava uma escova nos cabelos que eram longos e negros muito bonitos. O final de semana passava e eu tinha que ir embora ela ficava muito triste parecia que eu era o único amigo que ela tinha.A semana passava e quando eu chegava à casa da minha mãe ela já estava e minha espera - Puxa como você demorou pra chegar, ela dizia. Eu trocava a roupa vestia uma bermuda e ia pro quintal e ela como sempre vinha atrás, ficávamos lá batendo papo um tempão agente falava de tudo ate que ela entrou no assunto -você tem namorada -quem eu, não eu não tenho namorada e você tem namorado –não que isso sou muito nova pra pensar nessas -bom eu também acho que é muito nova pra pensar nisso. - Bom tem um garoto da minha sala que só fica no meu pe, mas não nada com ele.O tempo passa chega à hora do almoço.Logo após o almoço ela me pergunta se vou voltar pro quintal –sim vou –eu vou junto com você ta legal.Quando voltamos pra lá sobe em uma mangueira e me pede para ajuda a descer me aproximo da arvore e ela se joga nos meus braços, a seguraram pela cintura e sem querer levanto sua saia deixando aparecer sua calcinha branquinha com bichinhos desenhados isso me deu muito tesão ela tinha as pernas bem grossas e pele suave. Fiquei ali olhando para aquela calcinha minúscula ate que ela notou e perguntou o que você ta olhando eu disse nada, mas notou que eu gostei de ver sua calcinha. Foi ai que tudo começou. Ela começou a fazer isso com mais freqüência sempre subia nas arvores e pedia pra eu ajudá-la a descer.Eu já não agüentava mais meu pau parecia que ia rasgar a calça quando ela pula no meu colo eu a apertava contra meu corpo e deixava descer bem devagar pra sentir seu corpo contra o meu não demorou muito e ela perguntou, o que era aquilo embaixo da minha calça com uma carinha bem safada. Ela sabia o que era, mas parecia quer ouvir eu falar.

- Isso é o que você ta fazendo comigo, ela sorrio sabia o que estava acontecendo e porque.

Foi quando ela me falou para esperar um pouco que ia a casa dela, mas voltava logo -ta legal eu espero.Foi e volto logo chegou sorrindo pra mim vamos continuar a brincar ela falou os olhinhos dela estava brilhando e disse vamos brincar de pique esconde ta bom ela sai correndo entre as arvores e se esconde em um cômodo que havia mais no fundo do quintal.Eu saio em seu encontro como tinha visto onde ela escondera foi moleza encontrá-la entrei no barracão ela estava em um cantinho quando me viu entrar pulou nos meus braços com um sorriso aberto no rosto me abraçou e falou no meu ouvido susurando –to sem calcinha -Você e louca. Nisso meu pau ficou mais duro ainda a apertei contra meu corpo e deixei descer bem devagar ela foi descendo e a saia levantando segurei em sua bunda e apertei sua bucetinha contra meu pau ela sorriu e eu fui me baixando por cima dela então beijei sua boca que era doce com mel lábios carnudos e macios fui descendo por seu pescoço por sua barriga que tinha pelinhos dourados , ela gemia baixinho e dizia isso é muito gostoso.Quando cheguei em sua bucetinha ela estremeceu toda e gemeu mais alto aaaiiiii que delicia comecei a passar a língua por fora dos grandes lábios e ela cada vez mais louca de tesão passei a língua bem no meio de sua rachinha ai que ela foi a loucura estava muito molhada podia sentir o calor do liquido que sai de sua bucetinha abri as pernas dela e enfiem a língua mais no fundo ela gemia muito e dizia que queria ser minha pra sempre eu passa a língua em toda sua bucetinha era muito apertadinha e macia era rosadinha e carnudinha então disse pra ela se virar ela virou e ficou de quatro pra mim

Então comecei a chupar seu cuzinho ela rebolava na minha língua eu enfiava a língua hora no cuzinho hora na bucetinha ela cada vez mais louca apertava a bunda na minha cara ela já estava muito molhada então fique de joelho e comecei a passar a cabeça do meu pau na sua bunda ela se contorcia pos a cabeça na entradinha de sua bucetinha e fui empurrando bem devagar ela começou a gemer mais alto eu tampei sua boca, alguém poderia ouvir eu empurrava cada vez mais forte, mas não entrava ela era muito apertada, tive medo de machucá-la eu não poderia fazer isso com ela então pedi pra ela se virar e ela disse que estava ardendo muito pedi pra ela ter calma que ia passar e pedi pra ela chupar meu pau , ela relutou um pouco mas logo estava com ele na boca meio sem jeito estava passando os dentes na cabeça, então peguei a mão dela e mostrei como deveria fazer em seu dedo ela disse ta bom enquanto ela chupava eu passava o dedo em sua bucetinha eu já não agüentava mais de tesão estava a ponto de gozar Então pedi pra ela sentar na minha barriga puxei sua bunda ate meu rosto e fizemos um 69 que delicia ela ficou muito louca quando senti que ela estava tendo um orgasmo eu não agüentei e comecei a gozar em sua boca ela se assustou e tirou a boca minha porra bateu em seu rosto melando toda sua face e escorrendo por seu pescoço.Ela perguntou que liquido branco é esse eu te machuquei eu disse que não e que depois eu lhe explicaria o que era aquilo ela também perguntou o foi aquilo que senti quando você estava com a boca na minha coisinha eu disse que ela tivera um orgasmo e que depois ela entenderia o que era um orgasmo.Nos vestimos e fomos pra casa.Eu não acreditava no que tinha feito, mas tinha transado com uma garotinha e foi muito bom uma das melhores transas que já tive.Tivemos muitos outros encontros ate que tirei sua virgindade.Mais isso aconteceu

quando ela completou 14 anos foi muito bom.Mas depois eu conto.